A Importância de uma Boa Alimentação Durante a Gestação

Olá pessoal!

Hoje vamos analisar as indicações e benefícios de uma alimentação saudável para a gestante e seu bebê, podemos destacar a importância de proteínas, calorias, vitaminas e minerais, essas essenciais para o desenvolvimento de um bebê sadio. Se a mãe ingerir muito ou pouco desses nutrientes, o desenvolvimento celular pode ser imperfeito e o bebê pode ficar abaixo do peso.

Com relação as proteínas (carnes, leites e derivados) essas são essenciais para o desenvolvimento da placenta, hipertrofia de tecidos maternos e expansão do volume sanguíneo, ou seja, fundamental para o crescimento do feto, recomenda-se a ingestão de 71g diárias durante a gestação. Os carboidratos (pães, grãos ,cereais, frutas, legumes, verduras) constituem a principal fonte de energia de que o feto necessita para assegurar seu crescimento e desenvolvimento. Os lipídios (óleos, gorduras) são fontes energéticas, mas tem pouca influência sobre o crescimento fetal. Em relação aos micronutrientes podemos destacar o ferro; esse é essencial em razão das importantes alterações hematológicas da gravidez e necessidades fetais, sugere-se o uso de 60mg/ferro /dia a partir da 20ª semana, fontes: fígado, carnes vermelhas, leguminosas, verduras verde-escuras. Cálcio, na gestação ocorre ajuste no metabolismo do cálcio e aumento da taxa de utilização pelos ossos entre outros, fontes de cálcio: iogurtes, leite desnatado, queijos, peixes ,vegetais escuros e gergelim .Vitamina A essa é essencial para processos metabólicos do bebê como :ciclo visual ,crescimento, reprodução entre outros, fontes: queijos ,manteiga, leite, fígado, peixe entre outros. Vitamina C mantém a integridade dos vasos sanguíneos, essas necessidades são facilmente alcançadas quando se tem uma alimentação adequada, frutas, legumes e verduras crus.

De acordo com a tabela abaixo podemos destacar e sugerir variações no número de porções diárias de cada grupo alimentar, essas podem variar a necessidade individual de cada gestante ,período da gestação e também se a gestante pratica atividade física.

 

artigo-4

 

Carboidratos: de 6 a 11 porções/Verduras e Legumes: de 4 a 5 porções / Frutas: de 3 a 4 porções / Carnes: 3 a4 porções / Leguminosos:1 porção/Laticínios: de 3 a 4 porções / Gorduras e doces: de 1 a 2 porções.

 

   Referências bibliográficas:

– Abordagem psicológica em obstetrícia: aspectos emocionais da gravidez, parto e puerpério; Regina Sarmento,Maria Silvia V.Setúbal;Rev. Ciênc.Med.;Campinas 12(3).261-268,jul/set.2003.

– Atividade Física na gravidez e pós-parto/Marco Antônio Borges Lopes,Marcelo Zugaib.- São Paulo:Roca,2009.

 

Carolina Pilegi
CREF: 066742-G/SP
 

 

 

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.