Conheça os benefícios do BCAA

Existem muitas dúvidas em torno do BCAA, para que serve e como tomar, por exemplo. Bem, para compreendê-lo, é importante entender a construção muscular e como o BCAA implica nessa formação.

O BCAA é um dos suplementos mais utilizados por praticantes de atividade física, sua sigla em inglês significa Branch Chain Amino Acid (aminoácidos de cadeia ramificada). Sua popularidade tornou-se alta no meio fitness, por terem seus aminoácidos associados ao aumento de massa muscular.

O BCAA é constituído de 3 aminoácidos essenciais*, conhecidos como leucina, isoleucina e valina. Cerca de 35% dos aminoácidos encontrados nos músculos são BCAA e a partir disso, começamos a compreender o porquê sua ingestão é tão importante para aqueles que desejam um ganho muscular.

Naturalmente, os músculos mantêm um constante catabolismo e anabolismo. O anabolismo é quando os aminoácidos são usados para formar o músculo com consequente aumento da massa magra. O catabolismo é o oposto, e acontece quando os aminoácidos presentes no músculo são utilizados para diversas funções no corpo, perdendo assim massa muscular. Quando não dispomos de aminoácidos suficientes para atender a formação muscular é comum percebermos uma perda me massa magra. (catabolismo). Então, como ganhar massa? Para que aconteça um aumento da musculatura essa balança precisa ser mais positiva para o lado do anabolismo, fazendo necessário fornecer ao corpo aminoácidos envolvidos nessa formação muscular, como é o caso do BCAA.

Dessa maneira, os aminoácidos que fazem parte do BCAA atuarão fornecendo ao músculo, os principais aminoácidos envolvidos na síntese de proteína muscular. E, desses 3 aminoácidos envolvidos, os estudos mostram que a leucina, por estar em maior proporção nos músculos, é o aminoácidos mais eficaz em ativar uma das principais vias anabólicas chamada mTOR. Ou seja, na presença de leucina essa via é ativada no intuito de aumentar a síntese de proteína muscular.

A ingestão de BCAA também é capaz de estimular e elevar a produção de insulina, hormônio altamente anabólico, proporcionando melhor absorção dos aminoácidos e permitindo maior entrada de glicose nas células. O resultado é mais energia nos treinos. E falando de energia, o BCAA também pode reduzir o cansaço inibindo a produção de serotonina, neurotransmissor envolvido no processo de sono e cansaço.

BCAA antes ou depois do treino?

Como dito acima, os aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs) são uma excelente opção para quem quer ganhar massa muscular, mas quando devemos tomar? Por exemplo: BCAAs são incrivelmente benéfico para tomar pré-treino para abastecer seus músculos, dando-lhe energia e encorajando-os a crescer enquanto você queimar gordura. Tomá-lo pós treino ou durante a prática de exercício também pode ser uma opção para administrar o BCAA.

BCAA em pó ou em casula? Qual a diferença?

Diversos estudos mostram que a suplementação de BCAA deve manter proporções equimolares dos seus aminoácidos, fornecendo um total de cerca de 3 g de aminoácidos. Toda essa quantidade de aminoácido para ser dispensada em cápsula necessitaria a ingestão de pelo menos 6 cápsulas. Nesse sentido, o uso de BCAA na forma de pó facilita, pois pode ser adicionado diretamente em bebidas além de ser encontrado em diferentes sabores.

BCAA engorda?

Como mencionado anteriormente, BCAA auxilia aqueles que procuram aumentar a massa muscular, dessa maneira, o aumento da musculatura auxilia na perda de gordura. Uma dose de BCAA possui 23kcal. **. Mas para isso a associação de sua ingestão deve ser acompanhada a prática de exercícios físicos regulares.

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.