Cuidados antirrugas começam com creme para a área dos olhos

Manter a pele lisinha, hidratada e longe das rugas começa com o uso regular de protetor solar. Mas onde essa história vai parar depende de você e da sua disposição em investir tempo e dinheiro nos cuidados cosméticos. Mas um produto anti-idade vem ganhando cada vez mais destaque nas prateleiras femininas: os cremes específicos para a área dos olhos, de pele muito mais fina e sensível que o restante do rosto e propícia às temidas olheiras.

Além disso, dada a proximidade dos olhos, esta região não aceita bem qualquer tipo de fórmula. “As chances de alergias e irritações são altas”, afirma a dermatologista Leandra Metsavaht, diretora da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Os diferentes tipos

 

Existem cinco tipos básicos de cremes para a área dos olhos, com ação especificada na embalagem:

 

– Hidratantes: costumam vir com protetor solar e mantêm a pele macia;

– Demaquilantes: retiram a maquiagem e devem ser hipoalergênicos (raramente irritam a pele ou causam alergia no rosto, incluindo a área dos olhos);

– Revitalizantes: combatem olheiras e inchaços;

– Antienvelhecimento: possuem vitaminas contra rugas e flacidez;

– Revitalização para idade avançada: possuem ácidos e são usados para tratamento de peles já envelhecidas.

 

Os cremes para a área dos olhos podem ser usados a partir dos 25 anos, quando os ativos do protetor solar já não bastam para conter o desgaste da pele.

 

Nas peles mais jovens, são indicados cremes com vitaminas e hidratantes para prevenção do envelhecimento e alguns ativos contra as olheiras, como cafeína e derivados. “Nas peles mais maduras, além dessas substâncias, podemos prescrever o ácido hialurônico, ácido glicólico e alfa-hidroxiácidos, gluconolactona e polipeptídeos, que agem diretamente na região envelhecida”.

O melhor, no entanto, é consultar um dermatologista antes de escolher entre uma fórmula pronta ou uma manipulação específica para a sua necessidade.

 

Cuidados com a aplicação

 

Cada creme tem hora certa para ser aplicado. As versões com ácidos devem ser usados à noite, porque podem deixar a pele mais sensível à luz ultravioleta e causar manchas se você tomar sol.

Durante o dia, a recomendação é que sejam usados cremes com filtro solar, pois eles protegem a pele contra os danos do sol. “Aplique o produto com o dedo anelar, espalhando de dentro para fora, tanto na pálpebra superior como na pálpebra inferior.”

 

Na hora de comprar

 

Saia de casa sabendo do que você quer e vá atrás das informações contidas nos rótulos. “Identifique ainda se a fórmula é dermato e oftalmologicamente testado, evitando alergias na pele e nos olhos”.

 

Os cremes para essa área não devem nem escorrer e, se forem para o dia, é ideal que contenham proteção solar – você ganha praticidade, economiza dinheiro e não corre o risco de criar uma camada grossa de cosméticos na pele, ainda mais se ainda for usar maquiagem.

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.