Este exercício simples pode reduzir seu abdominal em apenas 3 semanas

Ter um bebê é uma das coisas mais lindas, milagrosas e incríveis que uma mulher pode fazer, mas não há como negar o pedágio físico que pode levar ao corpo – especialmente ao abdômen.

 

“Barriga de mamãe” refere-se a um abdômen comumente observado após o parto. Um estudo recente daBabyCenter.com mostrou que 86% das mães sentiram que suas barrigas não haviam retornado ao normal dois anos depois de ter um bebê.

 

Se você acha que está sofrendo a separação dos músculos abdominais que os médicos chamam de diástase abdominal, a treinadora pessoal Leah Keller pode ter a solução. Keller, que tem estúdios em Nova York e São Francisco, afirma que desenvolveu um treino cientificamente apoiado chamado “The Dia Method”, que pode diminuir vários centímetros da sua cintura em apenas três semanas.

 

“Você verá uma mudança dramática em sua cintura”, Keller prometeu a Michaeleen Doucleff, da NPR, que se comprometeu com três semanas de aulas. “Essa é uma expectativa realista.”

 

Keller e a Dra. Geeta Sharma, ginecologista obstetra da Weill Cornell Medicine, fizeram um estudo piloto sobre o programa – todas as 63 mulheres que participaram do exercício diário corrigiram a sua diástase após 12 semanas. E isso é bastante incrível.

 

“Nós tínhamos até pacientes no período de um ano após o parto, e elas mesmo assim obtiveram o benefício do exercício”, disse a Dra. Sharma.

 

A Dra. Linda Brubaker, ginecologista obstetra da Universidade da Califórnia, em San Diego, disse à NPR que os músculos retos do abdômen – conhecidos como tanquinhos do abdômen, ou six-pack – devem estar diretamente próximos um do outro (pouca lacuna) em cada lado do barriga. “As pessoas pensam que esses músculos seguem na horizontal pela barriga. Mas eles realmente correm na vertical”, ela explica.

 

O que acontece durante a gravidez é uma lacuna entre os músculos e ao redor do umbigo. Às vezes, o abdômen volta ao normal após o parto, mas nem sempre. O abdômen pode apresentar uma marca ou buraco de cerca de dois a cinco centímetros de largura, com quase nenhum músculo nele, causando a “barriga de mamãe”. Para que esses músculos se realinhem, o exercício é crucial, mas Brubaker avisa que a maioria das informações disponíveis on-line não é boa e pode até ser “potencialmente prejudicial”. Alguns exercícios, como o crunch ou flexões de bicicleta, podem “separar seus abdominais de várias maneiras.

 

O método de Keller é um dos poucos que os médicos e fisioterapeutas apoiam – e na verdade é bastante simples. “O exercício é um movimento muito pequeno, muito intenso, quase imperceptível”, explica.

 

Aqui está o que ela diz para fazer: Sentada no chão com as pernas cruzadas e as mãos na barriga, respire fundo, deixando a barriga se expandir completamente. Na expiração, puxe os músculos da barriga até a coluna. “Mantenha esta posição.” Em seguida, faça pequenas respirações, sendo que em cada exalação, puxe o estômago mais e mais para próximo da coluna, apertando bem. Repita por 10 minutos.

 

De acordo com a rádio pública americana NPR, todas as mães da classe conseguiram fechar suas lacunas abdominais ou perderam centímetros de barriga. (Uma chegou a diminuir quase dez centímetros.) Doucleff não atingiu a totalidade desejada, mas teve reduzida sua circunferência da barriga em quase 3 centímetros.

 

“E estou bastante feliz com os resultados”, escreveu ela. “Meu abdominal está definitivamente mais firme. E fazendo esse exercício regularmente trouxe um benefício adicional: minha dor nas costas desapareceu quase por completo.”

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.