Importância da Avaliação Física

Antes entramos no assunto Avaliação Física, é importante salientar a necessidade de uma Avaliação Medica (check-up geral) antes de iniciar a prática de exercícios físicos, pois se existir alguma doença pré-existente (hipertensão, diabetes, etc), isso influencia diretamente na elaboração do programa de treinamento.

A avaliação física é processo que identifica as condições físicas do indivíduo, suas possíveis limitações, assim como é uma ferramenta importante para verificar se os objetivos traçados para cada período de treinamento foram alcançados. Os dados coletados na avaliação física são fundamentais na elaboração do treinamento, seja para quem inicia ou para aquele que regularmente realiza exercícios físicos.

 

Informações da Avaliação Física

 

Avaliação de força, resistência e flexibilidade;
Avaliação cardiorrespiratória;
Medidas antropométricas (dobras cutâneas, percentual de gordura, circunferências);
Peso;
Altura;
Avaliação postural e funcional;
Limitações físicas e contraindicações;
Teste de anamnese, incluindo hábitos alimentares, doenças pré-existentes, estilo de vida, etc.

 

Uma boa avaliação começa pela escolha dos protocolos e pela pessoa que a realiza, tendo que ser um profissional capacitado e treinado para tal função, para que os dados fornecidos mostrem a real condição do avaliado. Erros na escolha do protocolo ou na ação do avaliador trarão dados equivocados, resultando na elaboração de um plano de treinamento e de prescrição alimentar inadequados ao quadro atual.

As avaliações devem ser realizadas a cada fim de ciclo de treinamento (6 a 8 semanas), pois assim é possível avaliar e acompanhar a evolução física, identificando se os objetivos traçados inicialmente foram alcançados ou não. Além disso, é uma ferramenta fundamental para a elaboração do próximo programa de treinamento e para estabelecer novas metas para aquele ciclo de treino.

Vamos imaginar um indivíduo cujo o objetivo é emagrecer e ao iniciar o programa de treinamento está com 105 kg, 45% de gordura corporal (47,25kg de peso gordo e 57,75 de massa magra), uma circunferência abdominal de 110 cm e um Vo2Max de 18 (ml/kg/min). Inicialmente, o objetivo para 6 meses de treinamento era atingir 90 kg, com 35% gordura corporal (31,5kg peso gordo e 58,50 massa magra). Após completado o período de treinamento chegou a 95kg, 5kg a menos da meta estabelecida. No entanto, a avaliação física identificou que o percentual de gordura corporal diminuiu de 45% para 35% (33,25kg de peso gordo e 61,75 de massa magra), a circunferência abdominal de 110 cm para 100 e o Vox2max de 18 para em 30(ml/kg/min).

Algumas pessoas podem julgar que este individuo fracassou em não atingir a meta final. No entanto, o que se espera em um processo de emagrecimento é perda de gordura corporal e aumento de massa muscular. Ou seja, a meta foi alcançada. Estava com 47,25kg de peso gordo e passou a ter 33,25 kg, agregando ainda 4kg de massa magra. Além disso, a avaliação nos mostra uma evolução na capacidade cardiorrespiratória e uma considerável perda na circunferência abdominal, resultando em menor risco de doenças que afetam o coração.

Não deixe de a sua avaliação física, só assim seu professor terá as informações necessárias para adequar os novos programas de treinamento.

 

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.