O Poder das Pimentas

capsaicina é a substância que dá às pimentas a sensação ardida, e ela também tem diversos benefícios, por exemplo auxilia no processos de perda de peso, sim, ajuda a emagrecer! Ela é considerada um alimento termogênico, portanto, é responsável pela aceleração do metabolismo de quem ingere.

 

Pesquisas mostram que o consumo diário de pimenta pode ajudar a queimar cerca de 100 calorias por semana, parece pouco, mas, toda ajuda é válida certo, afinal cem calorias são 15 minutos na esteira, se podemos ganhar esse benefício apenas ingerindo, sem esforço, acho válido.

 

Um estudo americano utilizou um grupo 25 pessoas, dentre estes 25, haviam 13 que gostavam de pimenta, e 12 que não gostavam. Durante seis semanas, foi oferecida q colher de chá de pimenta vermelha diariamente aos que gostavam do tempero.

 

Adivinhe, ao realizar a medição do metabolismo dos participantes, foi provado que o corpo dos que ingeriram a pimenta estava funcionando de forma mais acelerada, além de que, estes acabavam consumindo uma quantidade menor de calorias nas suas refeições, pois a pimenta também ajuda na sensação de saciedade.

 

E preste atenção, pois a mesma pesquisa mostrou que o consumo da substância em cápsulas não traz os mesmos benefícios, é preciso sentir o ardor da pimenta!

 

Arde mas faz Bem

Pesquisa gaúcha, de Caxias do Sul, mostrou que quem consome regularmente pimenta dedo-de-moça, a mais consumida no Brasil, pode ter uma redução de até 45% nas taxas de colesterol.

 

Pesquisa chinesa mostrou que a capsaicina também é uma grande aliada para reduzir a pressão arterial, pois a substância estimula o aumento de produção do óxido nítrico, que tem uma ação relaxante nos vasos.

 

Existe a especulação de que a pimenta seja também aliada na prevenção do câncer, já que estudiosos defendem que a capsaicina inibe o crescimento de células que podem gerar tumores em órgãos do aparelho digestivo. Pode ser também usado como auxiliar no tratamento da depressão, já que o consumo, a sensação ardidinha na boca leva à liberação dos hormônios responsáveis pelo prazer e bem estar.

 

Além de tudo isso, as pimentas são consideradas importante fonte de:

  • Vitaminas A, C e E
  • Potássio
  • Zinco
  • Ácido fólico
  • Flavonoides

O que estas substâncias têm em comum? Sempre falo delas, pois são poderosos antioxidantes, portanto protegem contra o envelhecimento.

 

Quanto ao limite de consumo, não existe, vai do gosto de cada um, duas pimentas grandes são consideradas a quantidade ideal para o consumo diário. Mas cuidado pois alguns organismos podem ser sensíveis ao consumo da pimenta, portanto vá devagar, experimente uma por uma. observe o que acontece e eleja suas favoritas!

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.