O que faz um Psicólogo?

Olá, meu nome é Daniele Modesto, uma das colunistas do site da Dra. Ritz.

Sou psicóloga clínica e organizacional e resido na cidade de Salvador na Bahia. Sou altamente interessada em comportamento humano e, a experiência em clínica e empresas, me ajudou a colocar em prática alguns aprendizados que adquiri através do meu interesse e dedicação à minha área de atuação.

A escolha da minha profissão foi pautada num empenho em fazer com que pessoas descobrissem seus potenciais e pudessem transformá-lo em ação e conhecimento, se desenvolvendo emocionalmente.

Esse é meu primeiro artigo para o portal, e naturalmente, me vi em uma situação muito comum a todos nós quando iniciamos um empreendimento apaixonante:

 

 

Por onde começar?

 

Existem diferentes livros e estudos dentro da Psicologia, das Ciências Sociais, da Administração dentre outras áreas de conhecimento humano, que nos orienta a ter um PLANO. O plano é um modelo de orientações e etapas que fazemos antes de realizar uma ação.

E por que é tão importante termos um antes de começar qualquer coisa? Para termos clareza para onde queremos ir e o quanto iremos gastar em tempo, dinheiro e energia para realizá-los.

O meu plano para os nossos “encontros” no Portal é instigar os leitores, através de textos e conteúdos publicados aqui, a questionarem suas rotinas (pensamentos, ideias, hábitos, ações, desejos, etc.), encontrar soluções e pôr em prática mudanças que tenham um impacto real e positivo sobre suas vidas.

Para isso, eu gostaria de responder algumas perguntas que considero fundamentais para iniciar nossa trajetória.

Não vou dar aqui uma solução definitiva para o seu problema específico e pessoal – cada situação é única, e deve ser tratada com toda a atenção, empenho e cuidado necessários.

Minha intenção é que você possa encontrar nesse espaço virtual alguns questionamentos essenciais que podem se transformar em mudanças de ações e consequentemente modificar aspectos em sua vida que não estão funcionando da melhor maneira possível.

 

O QUE FAZ UM PSICÓLOGO?

 

Quando era uma estudante de graduação em Psicologia, no último ano de faculdade, em um dos maiores hospitais gerais da capital baiana, um dos meus pacientes na época – uma criança de aproximadamente seis anos de idade – me fez essa pergunta de maneira bem direta: “Seu trabalho é conversar com as pessoas? ” Lembro que minha resposta foi algo entre uma explicação bastante simples da profissão e comparações com as atividades de cada um dos colegas da equipe multidisciplinar na qual eu atuava.

Disse que assim como a nutricionista preparava seus alimentos de acordo com o que ele precisava comer para ficar bom rápido, como a fisioterapeuta o ajudava a não sentir as pernas doendo por ficar tanto tempo deitadinho na cama, de como a enfermeira cuidava do curativo e de ver se estava na hora de trocar o soro, eu, que era psicóloga, ajudava ele e sua mãe (por se tratar de uma enfermaria pediátrica, os pais conviviam com as crianças durante todo o período de internamento) a diminuir aquele “apertinho no coração” que ele sentia, a diminuir o medo de ficar dentro do hospital e até mesmo, ajudá-lo a ter menos vergonha de falar o que estava sentindo e onde estava doendo.

Claro que essa foi uma resposta simples para uma criança, mas trago essa situação para esclarecer um aspecto fundamental do que eu entendo ser o trabalho do psicólogo, e é a maneira que eu realizo meu trabalho: Ajudar a mudar seu estado mental ou seu estado de espírito (caso prefira essa definição).

Essa mudança de estado mental tem a ver com a maneira como você percebe o mundo e como você reage e se posiciona em relação ao que acontece ao seu redor (e dentro de você).

 

PSICÓLOGO É PARA QUEM ESTA PASSANDO POR PROBLEMAS MENTAIS, OU PARA QUEM NÃO SABE RESOLVER SEUS PROBLEMAS SOZINHO?

 

 

 

 

 

Essa é a principal ideia das pessoas que não procuram um psicólogo. Tendo a dizer que muitas pessoas perdem a oportunidade de melhorar sua saúde e seu bem-estar porque não entendem o que faz um psicólogo.

Nosso trabalho não é apenas cuidar daqueles que estão com problemas de saúde, muito menos para dar conselhos ou apenas ouvir desabafos. Nós psicólogos somos responsáveis por proporcionar BEM ESTAR e DESENVOLVIMENTO emocional e pessoal àqueles que atendemos, orientamos e/ou acompanhamos.

Assim como procuramos um personal trainer para nos desenvolver fisicamente, um nutricionista para elaborar um desenvolvimento alimentar específico para nossas necessidades, um médico do esporte para aperfeiçoar nossa saúde e nossa performance, nós contamos com o trabalho do PSICÓLOGO para otimizar nossos resultados através de uma preparação mental, por exemplo, no âmbito esportivo, seja para atletas profissionais, amadores ou simplesmente os que veem a atividade física como prática necessária.

Basta lembrar a quantidade de vezes que você desistiu de algo ou alguma coisa porque não tinha FORÇA DE VONTADE, porque lhe faltou DISCIPLINA, ou até quando não tinha um OBJETIVO ou propósito definido pelo qual valesse a pena investir tempo e dedicação?

Apesar do que tantas pessoas imaginam o psicólogo não é “coisa” para gente doente, é sim um profissional que trabalha com promoção de saúde, com melhoria, com desenvolvimento, com prevenção.

 

Deixo aqui uma provocação para conversarmos posteriormente: Como superar conflitos com você mesmo, seria esse nosso primeiro passo?

 

 

Daniele Modesto

CRP: 03/901312

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.