O sono pode ser a mais valiosa parte do seu dia de trabalho

A maioria das pessoas equipara o sono com o descanso — a única atividade que nos permite deixar totalmente de lado as responsabilidades diárias e ansiedades. É como recarregamos as baterias. Bem, não tão rápido.

 

David Kadavy – um designer que virou autor e que atualmente escreve sobre a produtividade -, ao falar com o neurocientista John Kounios, escutou que, ao contrário da crença popular, o sono não é inerte. “O sono trabalha a mente”, afirmou Kounios.

 

“O sono é um trabalho criativo. Enquanto dorme, seu cérebro está revisando as memórias, limpando e gerando novas ideias. O sono faz parte do trabalho. Então, se uma pessoa está tentando resolver um problema, e ela tira um cochilo, isso não significa que está tirando uma folga do problema, mas sim trabalhando no problema.”

 

O que Kounios está dizendo é que, embora o sono não seja o desprendimento total e completo como muitas pessoas pensam, ou melhor, queiram acreditar que seja, isto pode não ser tão ruim. Muitas pessoas bem sucedidas às vezes renunciam ao sono em favor da produtividade, mas Kounios insiste que durante o sono o cérebro está “consolidando a memória”, ou seja, está pegando informação armazenada e tornando-a mais disponível.

Esse tipo de fortalecimento da memória é crucial para a resolução de problemas durante as horas de vigília. Então, da próxima vez que você escolher o trabalho em vez do sono, lembre-se que a diferença entre os dois é menor do que você pensa.

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.