Palatinose para controle da glicemia

De acordo com o consenso de pesquisadores da International Carbohydrate Quality Consortium, o consumo a longo prazo de uma dieta com carboidratos com reduzido teor glicêmico e insulinêmico, favorece a prevenção de doenças cardiovasculares, diabetes mellitus e sobrepeso.

 

Inúmeros estudos analisaram os efeitos da substituição do açúcar dietético por isomaltulose (Palatinose) no controle da glicose sanguínea e no metabolismo lipídico em indivíduos diabéticos e não-diabéticos. Os estudos fornecem evidências de melhorias para ambos aspectos do metabolismo após o consumo regular de isomaltulose (Palatinose) quando comparado a outros carboidratos, como sacarose, maltodextrina ou de glicose.

Em pessoas com diabetes, a ingestão antes do exercício físico de isomaltulose em vez de glicose resultou em melhorias no controle glicêmico, proteção contra a hipoglicemia, e manutenção de performance na corrida. O risco reduzido de hipoglicemia induzida pelo exercício surge em parte da menor demanda por injeção de insulina (50% menor) ao usar isomaltulose e em parte da maior contribuição simultânea de oxidação de gordura ao metabolismo energético, que reserva a energia de carboidratos para combater o risco de hipoglicemia.

 

Dessa maneira, a Palatinose™, ou isomaltulose, pode ser uma substituta ideal para o açúcar, servir de fonte de energia prolongada como um carboidrato funcional, melhorando seu metabolismo e trazendo vantagens inteligentes.

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.