PILATES X MUSCULAÇÃO

“O que é melhor: Pilates ou Musculação?”

 

A resposta é simples! Pilates é ótimo, musculação também, e juntos são melhores ainda! Não há melhor ou pior! Tudo depende do seu objetivo, da maneira como os exercícios serão conduzidos e da sua afinidade com a atividade que escolher como prática diária. Independente do esporte ou mesmo em sua vida diária, ambos irão colaborar para uma melhora de sua qualidade de vida, ou no caso do esporte, melhorar seu desempenho em ganho de força e potência. Basta somente ter a orientação adequada.

 

O Método PILATES exercitam-se prioritariamente os músculos estabilizadores. São músculos pequenos, na maioria das vezes profundos e altamente resistentes. Podemos dizer que são responsáveis por movimentos sutis e pela manutenção da postura.

Os exercícios são feitos a partir de movimentos suaves, sem pressa e aparelhos especialmente projetados para os exercícios. A carga do Pilates são as molas ou o peso do corpo, não traz hipertrofia dos músculos. Como resultado, um ganho importante na saúde e no tônus muscular, vitalidade e uma silhueta mais harmoniosa, alongada e livre dos nós da tensão.

Praticar pilates também ajuda a corrigir vícios posturais, muitas vezes deixados pela prática errada de exercícios, ou por movimentos diários. Isso porque trabalha a flexibilidade e também a resistência.

O publico é reduzido, geralmente dois alunos na aula de grupos.

E a MUSCULAÇÃO? Exercita músculos grandes, mobilizadores, que ficam mais superficialmente e que se cansam mais rapidamente. Podemos dizer que são responsáveis por movimentos de grandes amplitudes. É boa para aumentar o volume muscular deixando o corpo bem definido. Outras diferenças entre o Pilates e a musculação são a rotina de um (musculação) e a variedade do outro (Pilates). O Pilates ainda fortalece os músculos pélvicos, melhora a respiração e a postura, sendo um ótimo complemento para quem já pratica musculação.

O grande problema está em achar um local que você seja bem atendido e orientado corretamente e que o profissional te auxilie nos exercícios até porque nem todo mundo consegue ter um personal. Para que a musculação seja efetiva no trabalho corporal, é necessária atenção especial ao controle motor, trabalhando o corpo como um todo, ou seja, o exercício é para costas, mas é necessário dar atenção à respiração, a posição das pernas e principalmente da coluna…

Os benefícios atribuídos a esse treinamento de fortalecimento muscular dependem de uma série de variáveis, incluindo intensidade, duração, e volume de exercícios necessários para alcançar os objetivos individuais. O grande desafio hoje é encontrar uma academia que consiga englobar um treino personalizado, baseado em uma avaliação física completa junto à avaliação postural realizada pelo Fisioterapeuta.

Resumindo: ambas as técnicas são complementares. Uma depende e completa a outra. Tendo as informações corretas e o treino profundo da musculatura corporal juntamente com a respiração no PILATES, a MUSCULAÇÃO se torna uma técnica inteligente e segura, onde todos podem fazer sem medo de maiores lesões e tendo resultados mais efetivos e por tempo prolongado. MAIS DO QUE FORÇA O CORPO PRECISA DE EQUILÍBRIO!

Dizer que Pilates é para mulher ou pessoas mais velhas é total engano! Só para aprender a respirar direito tem que suar e muito! Pilates não é para qualquer um! É HARDCORE!

 

“Mantenha sua mente totalmente concentrada na proposta dos exercícios enquanto os executa. Isso é de vital importância para que você sinta os resultados. De outra maneira, não existe uma razão válida para o seu interesse na Contrologia”.

Joseph Pilates

 

 

Cristina Simões

FISIOTERAPEUTA

CREFITO – 35107-F

 

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.