Por que seu cérebro se torna mais flexível após o exercício

 

Encaixar um treino de meia hora na rotina de seu dia é como lançar um feitiço altamente benéfico sobre si mesmo de muitas maneiras – desde viver mais até pensar mais rápido. Enquanto a neurociência se debruça sobre estudos em fitness, pistas estão aparecendo sobre como o movimento físico impulsiona seu cérebro.

 

Em PsyPost, Eric Dolan destacou um novo estudo publicado em Experimental Brain Research. Conduzido pelo neurocientista Ronan Mooney da Universidade da Nova Zelândia, a equipe de pesquisa recrutou dez jovens adultos para pedalar por 30 minutos moderadamente (ou não, para o grupo de controle).

 

Eles descobriram que imediatamente após o treino, o córtex motor apresentava menos ácido gama-aminobutírico, ou GABA, um neurotransmissor que inibe a atividade no cérebro. Isso parece ser um mecanismo de trabalho de como o exercício aeróbio promove a neuroplasticidade, ou a capacidade do cérebro para remodelar-se.

 

Este processo “pode melhorar a aquisição e consolidação de habilidades mais precocemente, levando à melhoria da memória motora e desempenho”, escrevem os autores. Isso significa que um treino pode ajudar vítimas de derrame para uma terapia física mais eficaz, permitindo-lhes mais rapidamente reordenar os membros – porque a memória não é apenas mental, mas física.

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.