Colágeno e o Verão

colageno

Doce verão que muda nosso ritmo, a vontade de socializar, sair da cama e de casa, interagir. Dietas, roupas e cores mudam, época de vacas gordas para as academias, clubes e praias.

Como o verão faz tudo isso? Aumento de luz, estimulo luminoso, ou sol. A mudança ou repercussão em todo nosso comportamento também tem um preço. O sol é hoje a principal fonte de irradiações UV que contribui para o envelhecimento e fragmentação do nosso colágeno. Com o entendimento do envelhecimento, sabemos que o principal fator revelador da nossa idade é a perda do colágeno. Não apenas em quantidade, mas aos poucos o corpo produz um colágeno fragmentado, sem eficácia em uma de suas preciosas funções: sustentar. Quando pensamos em todas as mudanças boas do verão, o ideal é anteciparmos e prevenirmos a conta de chegar.

Temos hoje, além de opções anti oxidantes orais, também tratamentos tópicos com cosméticos que ajudam o nosso colágeno, protegem do sol, e ainda injetáveis, como preenchimento que devolvem nossa produção de colágeno e saúde da pele. Além de opções de cremes pós sol, o entendimento do processo de envelhecimento permitiu agirmos em varias esferas.

Se o sol destrói o colágeno, devemos aumentar sua produção, evitar sua destruição e melhorar o colágeno que já possuímos.

Para evitar a destruição temos os protetores solares, e os mais modernos são os físicos, protetores que evitam a entrada dos raios UV na pele (com Zinco ou Titânio) que antes eram extremamente brancos, vem cada vez menos perceptíveis com uso da nano tecnologia, e alguns ja com a cor da pele.

Para aumentar o colágeno a suplementação de zinco, selênio, prolina e até do próprio colágeno oral é uma estratégia interessante. E como o colágeno atua como uma “cola” natural do organismo, podemos melhorar nossa própria pele com produtos injetáveis (ácido hialurônico e acido poli-lático) que atualmente fazemos com microcânulas e quase não há trauma de tecido, roxo ou inchaço dependendo da área o paciente sai pronto, com rosto natural. Outra opção até mesmo com cosméticos que tirem o organismo da zona de conforto do colágeno fragmentado antigo, e produza uma nova leva, mantendo a juventude.

O verão sempre promete, é a verdadeira luz no fim do túnel, quando chega férias, recessos, e novos amores. Podemos hoje desfrutar de tudo isso sem pagar o preço do envelhecimento acelerado.

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Desenvolvido por: