Como evitar a Tendinite

 

Só quem já teve essa lesão sabe a dor chata que é. A tendinite nada mais é do que uma inflamação do tendão, que é uma estrutura fibrosa que une o nosso músculo aos ossos. Normalmente ocorre quando há sobrecarga nesses tendões, seja por um movimento repetitivo, má postura ou até excesso de exercícios físicos.

Essa inflamação pode vir junto de inchaço e ocorrer em qualquer parte de corpo. “A tendinite é mais comum no punho, tornozelo, ombro, cotovelo e joelho”.

 

Sintomas

Os sintomas mais comuns são dor, vermelhidão e até quentura no local. “Essa dor pode irradiar para os músculos que estão perto, o que causa mais desconforto ainda”. Em muitos casos os movimentos ficam limitados, podendo até causar perda da força. No entanto, a recomendação é de sempre procurar um médico para fazer exames e ter a confirmação de que, realmente, é tendinite.

 

Como evitar a tendinite?

Pessoas que trabalham com computador e digitam muito devem ficar atentas, já que sem a devida prevenção podem adquirir tendinite, que pode causar fadiga nos tendões. Aquelas que costumam ter má postura, estão passando por um momento estressante ou que praticam muitos exercícios físicos também devem ficar ligados.

Algumas dicas de como prevenir a tendinite e se livrar dessa dor que incomoda tanto:

 

– No trabalho, tente levantar de tempos em tempos para se alongar um pouco e se movimentar.

– Procure cadeiras que têm apoios de braço.

– Ao fazer movimentos repetitivos, como digitar, dê uma parada e alongue os punhos.

– Faça exercícios físicos com regularidade. Vá progredindo aos poucos, fortalecendo os músculos, e não se esqueça de realizar o aquecimento.

Já o tratamento da tendinite é feito com fisioterapia, mas algumas medidas para melhorar a dor também podem ser feitas. “Repouso do local afetado, aplicação de gelo e acupuntura podem ajudar”. Além disso, o médico alerta que caso a tendinite não seja tratada corretamente, pode virar caso de cirurgia.

 

Portanto, começou a sentir dores estranhas nos tendões, procure um médico!

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.