Fadiga Adrenal

14-1

Pouco conhecida (a maioria dos médicos não a conhece ou não pensa nesse diagnóstico), com sintomas que se confundem com depressão e fadiga, a FADIGA ADRENAL, aparece após períodos de estresse prolongado (físico ou mental) ou após termos insistido em trabalhar até a exaustão, sem períodos de relaxamento.

Os sintomas se confundem com os da depressão ou estafa, mas a presença simultânea de vários deles nos faz pensar nesse diagnóstico.

Preste atenção aos seus principais sintomas e esteja alerta:

14-2
Grande cansaço ao acordar pela manhã.

14-3
Mesmo se sentindo cansado, não sente sono á noite e acaba dormindo muito tarde, o que piora ainda mais o cansaço na manhã seguinte. O melhor sono é no período de 7 às 9 horas da manhã.

14-4
Perde o sono no meio da madrugada.

14-5
Depressão leve e falta de interesse pelas coisas.

11-1
Falta de energia, grande esforço para fazer qualquer coisa.

14-6
Ansiedade e habilidade diminuída para lidar com o stress.

14-7
Sonolência e necessidade de deitar após estresse físico ou mental.

14-8
Fraqueza muscular e fadiga crônica.

14-9
Maior predisposição a alergias e inclusive desenvolvimento de novas.

14-10
Tendência a desenvolver infecções.

14-11
Inchaço de tornozelos.

14-12
Queda de pressão quando se levanta de repente.

14-13
Prisão de ventre ou diarréia sob estresse.

14-14
Muita vontade de comer comidas salgados e/ou doces.

14-15
Queda de açúcar no sangue em situações de estresse.

14-16
TPM pior ou mais grave que de costume.

O diagnóstico é realizado por testes laboratoriais e o tratamento é feito de forma individualizada com suporte de suplementos, nutrientes, aminoácidos, vitaminas, mudanças de hábitos alimentares, descanso e mais importante, suporte e reforço do reequilíbrio hormonal com hormônios bioidênticos.

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Desenvolvido por: