Combata o desperdício de alimentos através da utilização de partes comumente descartadas

De acordo com a Organização para a Alimentação e Agricultura das Nações Unidas, 842 milhões de pessoas no mundo estão subnutridas, e todos os dias, 25 mil morrem de fome. Pensar que não é um problema em países desenvolvidos como os Estados Unidos é uma suposição incorreta, já que uma em cada sete famílias já vive a insegurança alimentar. (1)

Ainda assim, não é raro ver lixeiras perto de supermercados e outros estabelecimentos transbordando com restos de comida, muitos dos quais ainda intactos e, muitas vezes, perfeitamente comestíveis.

Mesmo nas casas, muitas pessoas não pensam duas vezes antes de jogar fora partes de alimentos, especialmente se tiverem aparência velha, incomum ou apenas pelo automático hábito conquistado ao longo dos anos.

Para ajudar a restaurar o equilíbrio para a questão do desperdício de alimentos, é importante saber que muitas partes dos alimentos podem ser consumidas ou reutilizadas.

 

Alimentos normalmente jogados no lixo, mas que podem ser reutilizados:

 

Partes de vegetais

Os “topos” de muitos legumes, como cenouras e nabos fazem um caldo muito bom. Katherine Martinko de Ontário, no Canadá, está envolvida em programas de AAC locais (Agricultura Apoiada pela Comunidade) e diz usar os “topos” de legumes e restos de vegetais dessa maneira. (2)

Ela explica que, ao invés de colocar tudo no frigorífico, ela corta as partes dos legumes que sabe que não utilizará na culinária e, em vez de deixá-los para depois acabar jogando no lixo, coloca-os em uma panela e faz caldo de legumes.

 

Vegetais murchos

Muitos vegetais, como aipo e alface, quando murchos podem se recuperar se embebidos em água fria por cerca de 15 minutos ou colocados em um copo com água. (2) Eles podem não se tornar perfeitos inicialmente, mas ainda serão bem nutritivos, e muitos, como a cenoura mole, na verdade, dão um sabor mais rico para as refeições.

 

Borra de café

Martinko também aconselha a adição da borra de café em recipientes de compostagem, por ser cheia de constituintes excelentes para o jardim, como cálcio, magnésio, potássio e outros minerais benéficos. (2) De acordo com o Conselho de Compostagem do Canadá, o solo se beneficia com o valor nutricional da borra, melhorando a fertilidade e a textura do solo e ao mesmo tempo atraindo minhocas. (3)

Também afasta as pragas, mantendo ao longe lesmas e caracóis. Mirtilos, tomates, sempre-vivas e rosas em particular, tendem a se sair melhor em solo enriquecido com borra de café. (3)

 

A pele do Kiwi e a casca da melancia

Sim, ambas podem ser consumidas sem preocupação de serem problemáticas para a saúde. Se alguma coisa pode acontecer depois de comer esses itens, é a otimização da saúde; a casca da melancia (primeiro retire a parte verde externa) contém grandes quantidades de antioxidantes que combatem os radicais livres, e a pele marrom do kiwi tem três vezes a quantidade de fibras do que a sua polpa. (4)

Ambas podem ser liquidificadas como sucos e misturadas, adicionando ainda mais nutrição nas bebidas já saudáveis.

Deixe uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Ritz - © 2015 - Todos os direitos reservados.